terça-feira, 29 de dezembro de 2009

I hate the fact that I'll die faster 'cause of you

Oi, meu nome é Roberta, tenho 19 anos e problemas respiratórios.
E também odeio cigarro.
Sou fumante passiva há 19 anos e 9 meses - sim, minha mãe fumou durante a minha gravidez. Meus pais até hoje ainda fumam um maço de cigarro por dia - pelo menos -, muitas vezes dentro de casa. E um deles já alegou que nunca irá parar de fumar.
Mas, pelo menos, eles me amam. Certo? Bem, pelo menos é isso que eles dizem.

Adoro os paradoxos da vida!

6 comentários:

Léo disse...

Oi, sou o Leo e tbm tenho problemas respiratórios. Meu pai começou a fumar quando eu era um pequeno filhote, depois de uma crise violenta que tive ele parou de fumar. Por amor.


Hoje eu sou grande e tenho minha própria barba, o amor acabou. Sim ele voltou a fumar.

Apelei com textos revoltados e sentimentais, com conversas e pedidos.

Hoje ele não fuma mais em casa (Isso inclui varanda, quintal e etc)


Meu próximo objetivo, agora que dei um passo rumo a salvação do resto da minha familia, é salvar os pulmões dele.

Beatrix Kiddo! disse...

Porra, meu pai parou de fumar muito antes de me conceber. Mas eu tb tenho problemas respiratórios.

Bom saber que isso aqui ta sendo movimentado.

Feliz ano novo, povinho!

Patsy disse...

argh. eu fumo. adoro, mas queria muito não adorar.

:/

Francisco Jamess disse...

não vejo nenhuma razão plausível para uma pessoa fumar um cigarro comum.

nenhuma.

Francisco Jamess disse...

e ah...

fumar é coisa de fraco.

falei.

Emolicious disse...

Nossa! Que barra, hein? Eu não suporto nem o cheiro de cigarro >_<

Gostei do seu jeito de escrever^^

:)

What I shouldn´t listen

Top 7 not listened.

People I shouldn´t listen to

People who shouldn´t read

Once written, no turning back...

people who shouldn´t write