terça-feira, 27 de outubro de 2009

I'm convinced that underneath that black hair, there's a listening device planted there.

- Moça, você tá indo pro Pechincha?
- Sim, estou. (Mentira, eu tava indo pra Taquara, mas eu pensei que ele tivesse me indicando se o ônibus iria para o ponto final ou para a Praça Seca, seu destino final)
- Ah, sabia! Foi você que me perguntou se esse ônibus passava em tal lugar e eu disse que não era esse, era outro?
- Não.
- Ah tá.

8 comentários:

Anônimo disse...

Oi,

Cheguei ao seu blogue por meio de outros que leio. Li essa página inteira e estou passando aqui para dizer apenas que, além de ser uma preconceituosa escrota, você também é muito desinteressante e escreve bem mal.

Tchau!
ANDRÉ

Pedro disse...

incrivel como as pessoas mais mongoloides querem ser ouvidas né?

relaxa andré, um dia você come alguem.

.Beta. Lisianpeia disse...

Mas André, quem disse que alguém aqui quer saber o que VOCÊ pensa?
Até porque deixar um comentário desse sem nenhum link para quem você é, é tão covarde que não faz o mínimo sentido.

Ana P. disse...

Tem muita gente besta no mundo, mas eu me divirto com essa gente.

[escreve bem mal, mas li a página inteira. coerência, não trabalhamos]

Bom, sobre o texto: NÃO ENTENDI, AHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHU!!!

Nunca entendo o que o proletariado fala mesmo [precô mode off]

Léo disse...

Oi,

Cheguei ao seu blog por meio da tecnologia que me permite "navegar" digitalmente. Não li nem a metade dessa página, mas estou muito curioso pra saber o que houve com a verdadeira moça do pechincha.



Au revoir!

Esdras

Marazzo disse...

Caralho, são pessoas como André que me fazem sentir vivo por dentro.

Porra André, você é demais, cara. Não ligue pro que os outros falam de você. Visite-nos mais vezes. Gostaria muito de ouvir seus comentários pertinentes sobre o meu Blog, também. Basta clicar no link.

Outra coisa, vai rolar um churrasco aqui em casa semana que vem. Se puder apareça. Galera aqui está louca pra ouvir oq vc tem a dizer sobre as manifestação sociais contra o preconceito do negro e da mulher.

Aquele abraço.

Tchau.

Esyath disse...

Certo... isso foi algo meio (des)conexo! - risos.
Mas quem nunca se enrolou em uma conversa dessas que atire a primeira pedra... - risos.
Nada como "Vai almoçar?" "Não, já almocei... pode ir indo..." "Não. Vou jogar o resto da comida fora agora..." Resultado? Fiquei morrendo de fome o resto do dia... apenas porque quis almoçar só... - risos.

Beijos (Des)conexos!

a vista de um ponto disse...

Por isso que na rua eu evito falar com estranhos...
Porque ou eu vou me perder, ou eles...
hahahah

What I shouldn´t listen

Top 7 not listened.

People I shouldn´t listen to

People who shouldn´t read

Once written, no turning back...

people who shouldn´t write