quarta-feira, 5 de novembro de 2008

I never saw this coming.

Ladies and ... well, just ladies.
O momento em que todas estavam esperando, ansiando e invejando.
O momento em que vai deixar todas mais felizes, já que eu mesma, não esperava por tal coisa.
Todo mundo me avisou que isso um dia acontecer, eu nunca acreditei.
E por 18 anos eu venci esse mal, mas esses dias o mal venceu.
Então, para alegria geral da nação feminina:


Oi, meu nome é Georgia, tenho 172 cm e peso 63 kg.

Sim, pela primeira vez em 18 anos, eu estou acima do meu peso ideal.


Ôpa, tô gorda!
Beijos, me liga!


8 comentários:

Mateus Pinto disse...

Daqui a pouco a graça chega, um amigo seu se assume e pronto, vc vira uma blogueira de verdade ;)

Marazzo disse...

essa postagem tem tanta influência do outro blog que nem mesmo posso considera-la sua.

enfim...

Olá meu nome é Caio , tenho 172 e peso 71 Kg.

ui me processem.

Eu pegava essa gordona ai dona do blog ..hahahahaha

Beatrix Kiddo! disse...

1/3 dos meus problemas (defina problemas) estão resolvidos.

Patricia C. disse...

tudo para comprovar a tese do mateus.

paulinhaonline disse...

oi, meu nome eh ana paula, tenho 1.58 e peso 55.
opa, to gorda!

mas entao, menina, tenho uma amiga de 42kg cara, pouco menor q eu, que nao consegue engordar! =/
vou doar pra ela.

hahahahaha =/

Cristal - a louca. disse...

Ai garota, sabe que pensaram que no meu layout era a Ana Paula Arósio? Aí eu falei que era Pulp Fiction e neguim com aquela cara de ahan O.ô.

Sobre ser gorda, vc vai começar a chorar quando inverter os números e ver que eu sou bem mais baixa e gorda rs.

Beijundas ^^

Pedro disse...

isso parece akelas reunioes de auto ajuda...

- Oi, meu nome é pedro..
- OI, PEDRO!
- Bom, eu...tenho 1,76...peso 63 kg...snif...
- Isso, Pedro, nós estendemos. Venha se sentar...Quem é o próximo?

Léo disse...

oi meu nome é ...

peraí! eu não vou contrubuir pra essa loucura...

gorda né?! ...
ok ...

What I shouldn´t listen

Top 7 not listened.

People I shouldn´t listen to

People who shouldn´t read

Once written, no turning back...

people who shouldn´t write