sábado, 29 de março de 2008

Ontem falando com uma nova amiguinha da faculdade, (nem preciso falar q é da FAU né?)percebi que só agora na minha vida é que eu realmente encontrei pessoas da minha idade que gostam das mesmas coisas que eu.
Aí, eu fiquei analisando a minha infância (pós Natal) aqui no meu condomínio.
Nesta época eu tinha uns 8 anos e estava oscilando entre boy bands, é o tchan e o bom e velho rock...
na verdade eu não gostava das boy bands nem de é o tchan, eu era obrigada a gostar e a dançar para fazer amiguinhos, eu também não queria ser "A excluída", não adiantou nada porque de qualquer maneira eu era a excluída.
Depois desses meus gostos serem reprimidos pelas meninas de 10 anos do condomínio eu comecei a me relacionar com pessoas bem mais velhas que eu para ser entendida, mas só até eu crescer, porque agora todo mundo(da minha idade atual) passou a gostar das coisas que eu já gostava desde que eu era bebê.
Nem preciso falar que a faculdade é o lugar né?






Numa de falar de música ruim, estava pensando antes de dormir em músicas insuportaveis, eis a lista:

-beautiful girl (sean kingston),
-You´re beautiful (james blunt)
-Umbrella (Rihanna)
-Qualquer forró
-Qualquer funk
-Qualquer pagode
-Qualquer axé


Agora vocês entendem por que eu sempre fui uma criança excluída?

5 comentários:

Léo disse...

cara to triste nem vou comentar ...
=/



...

jeffersday disse...

Eu posso falar que tô ligeiramente emocionada por ter sido levemente citada num blog cara?! :´)
BeijoBrasil!

Marazzo disse...

Ah cara ..tbm to triste .
me recuso a comentar .

Arthur disse...

poh até eu fiquei triste...
prefiro não comentar...

thayane disse...

ngm post mais aki não eh? q saco! rs

What I shouldn´t listen

Top 7 not listened.

People I shouldn´t listen to

People who shouldn´t read

Once written, no turning back...

people who shouldn´t write