terça-feira, 12 de agosto de 2008

I wish I was special, but I´m a creep...

Eu tenho um problema sério de falta de auto-estima. Parece meio absurdo pensando em minha pessoa, mas é verdade, por mais paradoxal que seja.
Eu sempre me acho a pior das pessoas, pelo menos quando se trata de relacionamentos amorosos, eu tenho medo de morrer solteira, virgem e sem filhos. E, essa semana eu fui rejeitada (mais uma vez), talvez eu não tenha sido realmente RE-JEI-TA-DA, mas é exatamente assim como me sinto. Não me sinto mal por achar que essa seria A pessoa da minha vida, mas pelo fato de nunca achar que sou boa o suficiente para alguém. Eu nunca me deixo ter quedinhas, me apaixonar, criar esperanças, porque eu sei que sempre vou levar um "não", mas dessa vez achei que iria ser diferente, então me permiti alimentar esses sentimentos, me permiti sonhar com a possibilidade, parecia tudo tão promissor, mas não era. NUNCA FOI. I was just misunderstanding the whole thing.
E com esse "não" voltam todos os meus piores pensamentos sobre o meu futuro amoroso. Tudo que eu consegui esconder tão bem por longos meses, volta à tona tudo de uma só vez, ao ponto de estar sentada no ônibus e começar a chorar, pensando sobre o meu destino. Tudo que eu nunca me deixo pensar para não ficar cabisbaixa, magoada, mal, chorosa,etc. volta a tona em forma de inveja de casais alheios na rua, na forma de lágrimas que eu não consigo conter, na forma de ostracismo.
Eu não gostaria de me sentir assim, eu gostaria de poder tirar forças para me achar "amável", para me sentir atraente, para me achar igual a todas as outras pessoas, mas eu não consigo, apenas me entrego à melancolia, às músicas da Feist, à minha cama, para poder chorar em paz no meu travesseiro.
Eu queria acreditar em que um dia isso tudo irá mudar, mas eu NÃO consigo!

7 comentários:

Patricia C. disse...

(sei como vc se sente. sei também que o que vou te dizer só fará sentido depois e não agora.)

não adianta vc ficar se martirizando, pensando sempre "será que vou conseguir um amor?", pq na maioria das vezes acontece quando a gente menos espera. é clichê, mas é verdade.

um dia vc está lá, com uma roupa péssima, cabelo desgrenhado, conversando com amigas e pá, pinta um bofe, te olha, vc fica sem graça. 2 semanas depois estão namorando e vc nem sonhava q isso ia acontecer quando saiu de casa naquele dia.

vc está passando por um momento de novidades, a faculdade traz muita coisa. eu sinto lhe dizer, mas letras só tem viado (raras exceções). vc terá que abranger novos ares se quiser conhecer gente. mas voltando, não adianta pensar muito nisso.

ouvir um "não" é ultra desagradável. não sei como a situação se deu, mas vai ver ele não queria namorar agora, não queria se envolver, estava de olho em outra (acontece), mas assim, são 6 bilhões de pessoas no mundo, digamos que ele não é o único.

e digamos tb que eu tenho senso critico, vi suas fotos e te achei bonita, e se EU te achei bonita, é pq vc é. portanto nada de baixa auto estima com relação a isso.

beijo

Patricia C. disse...

como eu escrevo, é impressionante. fidel castro perde, hein.

Deia disse...

olha g, eu não sou a melhor pessoa p falar disso como vc bem sabe.... + a vida eh uma caixinha d surpresas e como a colega patricia disse, eh nas horas q a gent não tah nem ai com a vida eh q as coisas surgem...relaxa e viva!!! bjz
( off - tu tem ainda o gabarito sanitario? me vende? :D)

Léo disse...

palavras agora sõa só palavras...
e eu nunca fui bom com elas...
gostaria de ter voltado ao teu blog com um post mais alegre... mas ja que foi assim vou repetir uma coisa que disse da ultima vez:
sozinha vc nunca vai ficar...

e ó (mesmo que não acredite) estou me sentindo exatamente da mesma forma(a ponto de sentir um nó na garganta lendo) e to querendo muito que o que escreveram aqui seja verdade. Estou aguardando uma surpresa boa boa dessa caixinha sem graça que chamam de vida ... :P

bjo Gê!
e vê se supera essa pra me dar o exemplo!

Arth disse...

Acredite Gê a vida é alga surpreendende, as coisas acontecem em um piscar de olhos, só espere tudo tem seu tempo...

Vanessa disse...

Eu tbm senti um nó na garganta ao ler esse post...
E acredite: vc é especial. Depois de um não, qualquer um ia estar se sentindo "não-especial"
E é normal,acho difícil alguém se sentir bem depois de algo pelo qual esperava não aconteceu.
Sei que isso não serve de consolo, mas Eu tbm já me senti assim, conheço um tanto de gente que tbm se sente assim...
O problema às vezes é que nós não conseguimos enchergar além do que está a nossa frente.. e o futuro assusta quando pensamos em solidão.
É chato esperar, mas concordo com todos quando dizem que um dia as coisas vão acontecer!

Bárbara Jovem disse...

precisamos conversar =/

Não gostei de ler esse post !
Não gostei mesmo !

Não quero te ver assim, nem saber que vc anda sofrendo por isso.

Já t disse q nao vale a pena e eu ainda vou t mostrar que auto-estima nao eh a coisa mais dificil de se conquistar.

Beijinho de quem se importa bastante ctg e jah está sentindo faltaaa dessa prega sentimental que alegra os nossos dias !

What I shouldn´t listen

Top 7 not listened.

People I shouldn´t listen to

People who shouldn´t read

Once written, no turning back...

people who shouldn´t write