quarta-feira, 23 de julho de 2008

My life without me.

You don't know who or what you're praying to, but you pray. You don't even regret the life that you're not gonna have, because by then you'll be dead. And the dead don't feel anything. Not even regret.





Deve ter sido pelo menos a quinta vez que eu vi esse filme, mas toda vez que eu o vejo, eventualmente, durante essas falas, as lágrimas começam a correr livremente pelo meu rosto. Simplesmente um dos filmes mais tristes que eu já vi.

4 comentários:

Marazzo disse...

Eu n consigo chorar com filmes.
E por falr nisso, ainda não vi esse filme. Na verdade, já não assisto Tv faz um tempo, mas vou ficar ligado quando passar.

Hoje estava assistindo "Eu sou a lenda.". Já havia visto no cinema e me emocionei (não chorei) ao ver a pobre cadela Sam, morrer.

Negros ..cães..crianças, em filmes americanos, ou morrem ou só estão lá para atrapalhar."/


(Carrie, the strange. Assistam!! )

Léo disse...

:'(

e realmente quando a Sam morre minha garganta da aquele nó...

Patricia C. disse...

gostei bem desse filme. sem contar q adoro o mark ruffalo

Beatrix Kiddo! disse...

Cara, eu não gosto do Mark Ruffalo não...
mas nesse filme ele tá...legalzinho...

Eu baixei a trilha sonora do filme, já ouvi a minha preferida um zilhão de vezes!

What I shouldn´t listen

Top 7 not listened.

People I shouldn´t listen to

People who shouldn´t read

Once written, no turning back...

people who shouldn´t write